Em que cremos

1. A BIBLIA SAGRADA

Cremos que a Biblia é a Palavra de Deus completa, que nos sessenta e seis livros, como originalmente escritos contendo o Antigo e o Novo Testamento, foram inspirados pelo Espirito Santo de Deus e foram completamente isentos de erros. Que a Biblia é a autoridade decisiva em todas as questões de fé e prática e a verdadeira base da unidade cristã.

2. DIVINA TRINDADE

 

Cremos em Deus, criador de todas as coisas, santo, soberano, eterno, que existe em três pessoas que são a mesma essência - O Pai, o Filho e o Espírito Santo.

3. JESUS CRISTO

Cremos na absoluta deidade de Jesus Cristo, em sua existência eterna com o Pai em glória, pré-encarnado, em seu nascimento virginal, vida isenta de pecado, morte vicária, ressurreição corporal, ascenção triunfal, ministério mediador e retorno corporal.

4. O ESPÍRITO SANTO

Cremos na absoluta deidade e personalidade do Espírito Santo, o qual convence do pecado, da justiça e do juizo. Quem regenera, santifica, ilumina, conforta e habita naquele que crer em Cristo Jesus.
5. SATANÁS

Cremos que Satanás existe como uma personalidade diabólica, o qual é o originador do pecado, inimigo de Deus e do homem.

6. O HOMEM

Cremos que o homem foi divinamente criado a imagem e semelhança de Deus, que pecou e chegou a ser culpável diante de Deus, resultando em depravação total, e consequentemente incorrendo em morte física e espiritual.

7. SALVAÇÃO

Cremos que a salvação é um dom de Deus, para a qual Cristo sofreu voluntariamente uma morte vicária e expiatória, e que a justificação é somente pela fé no sacrifício e ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo.

8. AS ORDENANÇAS
Cremos que há somente duas ordenanças para a Igreja segundo o ensino do Novo Testamento e são as seguintes: a) Batismo - que é por imersão do crente na água e por este meio obedecendo o mandamento de Cristo e estabelecendo uma identificação com o próprio Cristo em sua morte. b) A Ceia do Senhor - que é o ato memorável no qual os cristãos participam dos elementos que são o pão e o vinho, e que simbolizam o corpo do Senhor Jesus Cristo, crucificado e seu sanguederramado no calvário.

9. GOVERNO CIVIL 
Cremos que o governo civil é divinamente constituido para interesse e boa ordem da sociedade; que devemos orar pelos magistrados, honrando-los e obedecendo-los, exceto quando a obediencia vá em direção oposta a vontade de Cristo Jesus, quem é o único Senhor da consciencia, e príncipe dos reis da terra.

10. O Cristão e a Ordem Social

Todos os cristãos estão sob a obrigação de procurar tornar a vontade de Cristo suprema na nossa própria vida e na sociedade humana. ... No espírito de Cristo, os cristãos devem se opor ao racismo, toda forma de ganância, egoísmo e vício, e todas as formas de imoralidade sexual incluindo adultério, homosexualismo, e pornografia. Devemos atender aos orfãos, aos necessitados, viúvas,  vítimas de abuso sexual, trabalho escravo, idosos, abandonados e doentes. Devemos ser a voz dos não nascidos e lutar pela santidade de todas as vidas humanas desde a concepção à morte natural.

11. LIBERDADE RELIGIOSA

A igreja e o estado devem ser separados. O estado deve a toda igreja proteção e liberdade total na busca de seus fins espirituais. ... Uma igreja livre num estado livre é o ideal do Cristão. 

12. A FAMÍLIA

Deus instituiu a família como a instituição fundamental da sociedade humana.  A familia é composta de pessoas ligadas uma a outra através do casamento, sangue ou adoção.

O casamento é a união de um homem e uma mulher em uma aliança de compromisso para toda a vida. O marido e a mulher são de igual valor diante de Deus, já que ambos são criados à imagem de Deus.  O marido deve amar sua esposa como Cristo amou a Igreja. Ele tem a responsabilidade dada por Deus de prover, proteger e liderar sua família. A mulher deve submeter-se graciosamente à liderança de seu marido assim como a igreja voluntariamente se submete à liderança de Cristo. Ela, sendo a imagem de Deus como é seu marido por isto igual a ele, tem de Deus a responsabilidade de respeitar seu marido e servir como seu ajudador no governo do lar e nutrir a próxima geração... Filhos, do momento da concepção, são a bênção e herança do Senhor. Os pais são para demonstrar aos seus filhos o padrão de Deus para o casamento. 

O relacionamento do casamento modela a maneira como Deus se relaciona com Sua povo. ... Os filhos, desde o momento da concepção, são bênção e herança do Senhor.